Edição 2014

Festival Jazz & Blues 2014
Tem gente que acredita em sorte, destino e números cabalísticos. Pode-se acreditar em tudo isso e muito mais, porém, sem boas ideias, conhecimento e dedicação, não é fácil chegar onde se quer. O Festival Jazz & Blues chega à mais uma edição com um histórico de sucesso e reconhecimento pelo trabalho sólido e harmonioso que transformou e ampliou o conceito de Carnaval no Nordeste do Brasil.

À frente estão a jornalista e mestra em Sociologia Maria Amélia Mamede e a antropóloga Rachel Gadelha, da Via de Comunicação e Cultura. Já na criação da empresa, há 16 anos, alimentaram o sonho de oferecer aos cearenses e visitantes uma opção diferente para o Carnaval, por mais improvável que pudesse parecer, por tratar-se do país do Carnaval e do Ceará, importante destino turístico pela beleza de suas praias e sol o ano inteiro.
O cenário escolhido foi Guaramiranga, uma pequena cidade serrana, um pedaço de Mata Atlântica a 865 metros de altitude, com muito verde, cachoeiras e clima ameno, no cálido Ceará, a apenas 110 quilômetros da capital Fortaleza e hoje com aproximadamente 6.400 habitantes.

O sonho se concretizou e desde 2000, aos palcos do Festival sobem grandes nomes locais, nacionais e internacionais em shows memoráveis. Há ainda em cada edição encontros informais, conversas e ensaios abertos, promovendo a proximidade do público com seus ídolos da boa música instrumental.

De lá pra cá, o Festival foi crescendo, tomando forma, expandiu-se para outras cidades no Estado e consolidou-se também na capital. Levando o jazz e blues a espaços diversos de Guaramiranga durante o Carnaval, depois da quarta-feira de cinzas em Fortaleza e em Sobral.
Antes do Festival, o projeto Na Trilha do Jazz & Blues tornou-se uma tradição em Fortaleza, com uma programação semanal em diversos bares e casas noturnas, antecipando o clima jazzístico que marca os dias do evento na serra.

A formação também se tornou uma constante antes e durante o período de Festival na serra. Nos meses que o antecedem, oficinas no interior do Estado e residências artísticas contribuem para a capacitação de jovens instrumentistas cearenses, estimulando a formação de novas bandas e ampliando, assim, a difusão do jazz e do blues e a geração de novas oportunidades de trabalho no mercado da música.

O Festival Jazz & Blues é hoje respeitado e reconhecido dentro e fora do Brasil e mundo afora. Ao longo desses anos vem mostrando o valor da diversidade cultural de nosso povo e conquistando a simpatia de músicos, público, imprensa, patrocinadores e todos que compõem o circulo virtuoso e produtivo do segmento musical.